Home

»

»

Barueri participa do Welcome Tomorrow 2022, maior evento sobre mobilidade e cidades inteligentes

Barueri participa do Welcome Tomorrow 2022, maior evento sobre mobilidade e cidades inteligentes

A cidade de Barueri foi representada nesta terça-feira (15), na Capital de São Paulo, no Welcome Tomorrow 2022 (WTW), o maior evento realizado no Brasil para discutir mobilidade, futuro do trabalho e cidades inteligentes.

Quem representou o prefeito de Barueri, Rubens Furlan, e o vice-prefeito Beto Piteri foi o secretário municipal de Tecnologia e Inovação, Jonatas Randal.

Responsável pelo Centro de Inovação e Tecnologia (CIT), pasta da Prefeitura dedicada à integração de tecnologia aos serviços públicos, Randal afirma que a discussão constante sobre o uso das ferramentas tecnológicas no Poder Público é fundamental para o mundo atual, principalmente com o surgimento da pandemia de covid-19. “Em Barueri nós já estávamos trabalhando para tornar a cidade uma referência em Governo Digital, a exemplo da Estônia, mas em 2020 o pandemia nos fez acelerar ainda mais nosso hub tecnológico para atender as demandas da população e do governo”, disse ele. 

No Welcome Tomorrow, o secretário de Inovação e Tecnologia esteve ao lado de mentes inovadoras, como Flavio Henrique Tavares, fundador do evento e CEO da Upper ADucation Ecossystem, e o palestrante Renan Hannouche, professor Singularity Brazil e cofundador da startup Gravidade Zero Education.

Um dos temas do WTW 2020 foi o metaverso, um ambiente que une a realidade e o mundo digital em vários aspectos, até mesmo como anunciou o Facebook no ano passado, dando conta que a plataforma de Mark Zuckerberg caminha para usar este conceito. O metaverso não é algo real, mas busca passar uma sensação de realidade e possui toda uma estrutura no mundo real para isso.

Importante ressaltar que a ideia do metaverso não é algo novo. O termo surgiu na década de 1980 com a literatura cyberpunk, com o livro Snow Crash, segundo o Luli Radfahrer, professor do curso de publicidade e propaganda da USP (Universidade de São Paulo).

Hoje, muitas empresas já fazem investimentos em metaverso para ampliar seus negócios. Imobiliárias, por exemplo, miram neste ambiente digital para construir apartamentos e casas para que seus clientes possam conhecer as unidades decoradas sem ter de ir há vários endereços, isso aconteceria dentro de um espaço virtual de metaverso que reproduz os imóveis reais.

Já no setor público, Randal afirma que o metaverso abre um caminho amplo de possibilidades para que serviços públicos possam ser oferecidos de forma mais ágil. “Imagine a telemedicina o avanço que teríamos? Se hoje este recurso já ajuda muito, com o metaverso seria uma revolução”, completa Randal.

Randal afirma que Seul será a primeira cidade a acessar os serviços públicos por meio do metaverso. A capital da Coreia do Sul anunciou que, a partir de 2023, diversos serviços públicos estarão disponíveis no ambiente virtual.

Segundo o secretário de Inovação e Tecnologia, um time formado por técnicos do CIT já começa a discutir formas de aplicação do metaverso na cidade. “Isso não é algo simples e requer estudos e investimentos que devem ser analisados e apresentados ao prefeito Rubens Furlan e ao vice-prefeito Beto Piteri, que aliás já receberam a ideia com muita receptividade, assim como outras ações de inovação do governo”, concluiu Randal.

Randal Barueri 2023 © Todos os direitos reservados